American Pitbull Terrier 2

American Pitbull Terrier

A pele mais grossa e solta em redor do pescoço e do peito, ajustada a outra porção, revelando dobras verticais em redor do pescoço e do peito, mesmo em um animal bem exercitado. 2. Curto e duro, o brilho mostra a saúde total do animal. 1. Pequenos e apertados, fixados bem baixos. 2. Almofadas bem recheadas e fortemente criadas. 3. Os esporões são naturais os pés dianteiros, não acontece naturalmente nas pernas traseiras. O American Pit Bull Terrier (APBT) é uma raça canina originária de Estados unidos e descendente do Bull and Terrier, uma mistura entre o velho bulldog e o terrier. A tua esperança média de existência é de oito a quinze anos.

O Ato foi produzido historicamente para o combate contra outros cães de rua. Um ATObien educado tem um temperamento muito robusto e, ao inverso da crença popular, não é intrinsecamente bravo para com os seres humanos. Porém, como adultos, os Ato são capazes de aprensentar a dureza pra com outros cães e animais.

  • 1 Assistência Veterinária por Acidente
  • oito Século XXI
  • 3 Caráter e jeito
  • Mas que bobo você é o Batman!! Se você cortases a língua não poderia expor, e o que estas fazendo
  • Sair de canas e de ‘terraceo’

Este caso, juntamente com a força de Ato e sua determinação, necessita ser levado em conta no momento em que se pensa de ter um APBT. Como com qualquer cão, a socialização e o treinamento permanente são elementos que se devem gerir desde a mais tenra idade. Existem imensos tipos de cães que comumente se confundem com os Pit Bull. Principalmente, o American Staffordshire Terrier (AST) e o Staffordshire Bull Terrier (SBT).

Todos compartilham uma ascendência ancestral semelhante, no entanto foram-se construindo logo após, acentuando a diversos critérios de formação em cada uma das raças. Há ampla evidência de que esta versão é uma verdade histórica. Mas a história da raça é um conteúdo recorrente nas discussões entre os criadores dedicados a esta.

Embora a origem exata do APBT não é conhecida, queremos situar, com certeza, tuas raízes, ao menos cento e cinqüenta anos atrás ou mais, na Inglaterra. No decorrer do século XVIII e XIX, o esporte de “bull-baiting” ou brigas contra touros, estava em seu apogeu, e os cães foram criados pra se acentuar nesta tarefa.

O mesmo tipo de cão assim como foi usado por caçadores pra capturar presas e os açougueiros e os fazendeiros para compreender e controlar o gado ingobernables. Isto tem dado local a um acrescentamento do tamanho médio de APBTs nos últimos quinze anos, um fenômeno prejudicial para a raça na avaliação dos especialistas.

Durante o século XIX, esses cães eram conhecidos por uma abundância de nomes “Pit Terriers”, “Pit Dogs”, “Half and Half’s”, “Staffordshire Fighting Dogs”, “Yankee Terriers”, and “Bull and Terriers”, pra apresentar alguns. Em 1898, um homem chamado Chauncy, aos poucos, formou o “United Kennel Club” (CRIAÇÃO) com o único propósito de mostrar “Pit Bull Terriers”, pois que o “American Kennel Club” não reonocía. Originalmente, ele adicionou a expressão “American” ao nome e tirou a palavra “Pit”. Isto não agradou a todo mundo por que a expressão “Pit” foi adicionada mais tarde mais uma vez o nome, entre parênteses, como um compromisso.

Os parênteses são removieron há em torno de quinze anos. O resto das raças que reconhece, nos dias de hoje, a CRIAÇÃO foram posteriores ao APBT. Outro registro de APBT’s o leva a agregação americana de criadores de cães (ADBA) iniciou atividades em setembro de 1909, graças a Guy McCord, colega próximo de John P. Colby.

Agora ante administração da família Greenwood, a ADBA unicamente se ocupa dos APBTs. O ADBA patrocina shows de conformação, todavia, principalmente, patrocina brigas de arraste de peso, as quais provam a força, stamina e o coração do cão. Também publica trimestralmente uma revista dedicada ao APBT chamada “The American Pit Bull Terrier Gazette”. A começar por 1936, em consequência a vários objetivos pra constituição, o American Staffordshire Terrier e o American Pitbull Terrier divergiram no fenótipo e spíritu/temperamento, bem que ambos, continuam tendo em comum o ótimo caráter.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima