Caio Rocha: 'Substituíram As Viagens Por Lazer Urbano' 2

Caio Rocha: ‘Substituíram As Viagens Por Lazer Urbano’

Internet conseguiu tornar-se um bazar de produtos em que, para além da mercadoria, o valor é um fator chave pra que se fechem as transações. Ávidos e espabilados, os usuários procuram o mais incrível dos preços. Antes, como um mal menor e, imediatamente, algumas vezes desesperados, os operadores tentam vender seus produtos (desde viagens a jantares ou shows) a preços baixos, conscientes de que é as espetaculares introdução que nada.

E lá estão os portais como Pego pra jogar a função de intermediários na primeira instabilidade de demanda que sofrem na sua vida. Pergunta.- Vocês executam parte da moda de vendas low cost? Resposta.- Não somos uma companhia low cost, nós somos um portal que tenta vender chollos.

Nos oferecemos ao setor de viagens e de lazer pra pendurar pela nossa página de produtos, a um preço económico que acreditam que não irão vender se não é dessa maneira. Realmente, nascemos em 2000, antes que as companhias aéreas de pequeno preço. R. – E, desde dessa maneira, P. – Demoramos dois anos para fortalecer a nossa posição. Em épocas de bonança nos vai super bem e, em épocas de incerteza sofremos como os outros, talvez menos.

  • Em 1999, Cochran foi uma das escolhidas como quota do National Women’s History Project.[18]
  • Capítulo 2×239 (463) – “O Inimigo Em Casa 2”
  • 3 Descrição geral
  • Olá, sou Antonio, o cohce você pode pagar em prestações. grato
  • Unidade Médica de Alta Especialidade
  • 3 Guiné espanhola
  • seis 6. Bigstock photos, é um dos bancos de imagens para vender que ganha comissões por transferências

Este nos começou a afetar no segundo semestre de 2008, porque nos pegou a contrapie. Esperávamos que o exercício fosse muito bem e a correção foi muito brusca: o público, pávido, deixou de adquirir viagens. O lado positivo é que começaram a comprar lazer urbano. E este ano temos recuperado da queda e fechar super bem.

P. – E isto, como P. – São recuperados os crescimentos anteriores? R. – Não voltarão a ser os de anos anteriores. Esses percentuais teremos que buscar em outros mercados, como a américa Latina. P. – há demanda? R. – Sim, e haverá muita concorrência. P. – Mas, como se adaptaram à incerteza em Portugal? R. – Não contratamos com a mesma alegria, mas continuamos recrutando pessoas.

Não houve demissões, entretanto sim pedimos a nossos empregados que são conscientes da situação e que o valorizem. Como por exemplo, nesta ocasião não há distribuição de bônus (paga extraordinárias relacionadas aos proveitos), como era convencional. P. – Qual é o perfil do freguês? R. – São internautas e cobrem faixas de idade entre 18 e 40 ou 50 anos. Têm suficiente prática aquisitiva e compram produtos que não são meramente pacotes turísticos.

R. – Às vezes sim, especialmente quando se trata de ofertas de último minuto. Mas o certo é que os nossos produtos têm de obter com certa antecedência, o que, realmente, costuma a ser de uma média de 5 ou seis dias. Quinze dias se se trata de uma viagem.

Os produtos de família são muito diferentes. P. – E esse verão? R. – É cedo para fazer opiniões, porém temos experimentado que as compras de verão são cada vez mais de último minuto, esperando a proposta do operador turístico. A venda de último minuto, cada vez está sendo mais primordial e esse ano, com certeza você será ainda mais. Neste verão queremos enxergar até onde se diminuem as vendas. P. – Sofrem, neste instante, mais pressões das companhias de viagens que antes?

R. – Sim, há reuniões com as diferentes organizações do setor e nos pedem para que deixe-o portal mais os seus produtos. Mas não saberia expressar se há mais ou menos pedidos que antes. Pego é uma revenda para eles. P. – A ocorrência tem por causa de variar muito há anos, por causa de antes as organizações de viagens, de restauração ou de lazer deveriam tomar a mal que vocês dêem vender seus produtos a preços mais reduzidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima