História Do Estado De Hidalgo 2

História Do Estado De Hidalgo

A história do estado de Hidalgo data com o registro arqueológico mais velho do estado de Hidalgo um machado, datada de 11 000 anos de idade e, achando-a em Huapalcalco, Tulancingo. No atual território de Hidalgo habitaram inmensuráveis grupos indígenas. Os primeiros a entrar foram os toltecas, que fundaram Tulancingo e Tula de Allende, a qual se tornou a capital do vasto poder que exerciam a respeito de Mesoamérica.

No século XIV, os astecas se estabeleceram em Huejutla e Pachuca. Devido à proximidade dessa localidade em conexão à vasto Tenochtitlán, a conquista espanhola chegou logo ao chão hidalguense. Durante a Nova Espanha se encontram em 1552, as minas de prata Real do Monte e Pachuca, com o que se dá começo ao estabelecimento de uma comunidade mineira em redor da área. Pachuca fazia parcela de um dos centros de mineração mais consideráveis, porque é nesse lugar que, pela primeira vez, se utilizou o processo de fusão pra obtenção da prata, denominado como benefício de pátio. Em 1776, Pedro Romero de Terreiros quis suprimir o jogo e restringir os salários.

Os mineiros protestam, e este movimento é tomada como o primeiro precursor dos movimentos de greve no México. Em 16 de janeiro de 1869, o Congresso da União, declara a fabricação do estado de Hidalgo. Na história do México, é conhecida a Fase Lítica, como os séculos decorridos entre os mais antigos indícios de atividade humana no México (chegada do homem à América) e o desenvolvimento das culturas sedentárias da Mesoamérica. Este período abrange cerca de trinta e três 000 a.

  • Adicione de um a três dentes de alho finamente picados (opcional)
  • Beber 2 litros mínimo de água por dia
  • elimina-Se o “apelo urgente” e o comunicado da CIDH
  • Frutas de tua preferência (200 g) ou um iogurte sabor (125 g)
  • seis Anexação ao México e a Independência absoluta
  • Diz ser Pum

C e 2500 a. A localidade onde se define hoje o estado de Hidalgo ficava compreendida dentro da área mesoamericana. Por sua localização geográfica, o território foi passagem obrigatória das inúmeras migrações provenientes do norte do povo, chegaram para se decidir de forma especial no Vale do México.

O registro arqueológico mais velho humano do estado de Hidalgo é um machado, datada de 11 1 mil anos de antiguidade e que foi achada em Huapalcalco, Tulancingo. Ossos de animais no fim do tempo Pleistoceno, há mais de dez 1000 anos, foram encontrados em Atotonilco de Tula. Os restos ósseos de animais extintos, -alguns dos quais chegam a mensurar até 1.Sessenta metros, correspondem a costelas, vértebras, crânio, dentes, defesas (presas, chifres e cascos, de espécies tais como o gliptodonte, behemoth, mamute, camelo, cavalo, veado, búfalo e algumas.

Os tipos de animais que foram identificados são: peixes, anfíbios, tartarugas, lagartos, crocodilos, aves, musaranhos, morcegos, ursos, elefantes, cavalos, rinocerontes, javalis, bisontes, berrendos, vagarosos, gliptodontes, tuzos, ratos e coelhos. Na Serra de Pachuca, se constataram minas de obsidiana verde e pontas de seta, do mesmo modo raspadores desse material, associados a restos de mamute, que, segundo estimativas, provenientes de 12 000 a.

Outros vestígios da pré-história em Hidalgo foram localizados nas regiões de Tepeapulco, Tulancingo, Actopan e Huichapan. Os homens nesse tempo se dedicavam à caça e à arrecadação de frutos ou raízes para sobreviver e deixaram testemunhos valiosos em pinturas rupestres. Acredita-Se em geral, que eram efetuados com fins religiosos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima