O Complexo Viagem Para Uma Marca Pessoal Que Deixe A Sua Marca 2

O Complexo Viagem Para Uma Marca Pessoal Que Deixe A Sua Marca

De toda a vida, ter contatos e uma sensacional reputação a toda a hora aberto algumas portas. Mas isso imediatamente não é suficiente no lugar online em que se movem os atores do mercado de trabalho. Na era digital, a marca pessoal, ou seja, a impressão que deixamos nos outros, é nesta ocasião a fantástica carta de exibição pra alcançar o primeiro emprego, subir, variar de emprego ou de ampliar o nosso próprio negócio. Saber gerir e fornecer nossa própria ensina (o que em inglês é conhecido como “personal branding”) é uma arte.

Outras vezes bastam novas habilidades e aplicação, visto que existem técnicas e estratégias que estão ao alcance de qualquer tipo de profissional. Este showcase onde projetar o nosso talento é de tal transcendência que é o valor que diferencia um candidato de outro. “A marca pessoal amplia o horizonte e fornece uma extenso projeção profissional. Chegará um momento em que será necessária”, alega Franco Corrida, professor de Marketing da ESADE.

“Já não é tão competitivo, o que não está nas redes —contínua—. O eremita digital, essa pessoa ciumenta de sua intimidade, que apaga todas as tuas impressões, bem como é suspeito de ocultar”. Concretamente, prontamente é rara a corporação que não inclui em determinado momento de seu processo de seleção analisar a Rede para consultar a imagem que transmite um candidato. A marca se constrói dia a dia, ao detalhe, com um propósito: “Que se escolham —diz horizonte-mg—. O intuito é ressaltar ou evidenciar sobre o restante, quer dizer, fazer com que nos lembrem-se que nos reconheçam no momento em que uma pessoa pense em um especialista de uma acordada área ou profissão.Trata-Se de ser o referente”.

É o que aconteceu com Fátima Martinez, professor de marketing digital no Google Actívate e coautora do livro “Três senhoras com marca”. Seu modelo é um agradável modelo da utilidade que representa trabalhar uma marca própria. Em consequência a isto, o amplo gigante tecnológico, entrou em contato com ela há três anos. Eu me encaixava no perfil que procuravam como docente pra 2 programas que queriam implantar”, lembra. Agora é o seu serviço, e bem como trabalha com algumas marcas. “Internet —diz ele— é uma vitrine brutal e gratuito.Uma tela que se projeta para todo o mundo”.

Não se trata de vender-se a si mesmo, como diversos acreditam. Mas de “vender o que você faz e como você faz. Ou melhor, eu sou os meus projetos. Devemos encontrar o que fazemos bem e vendê-lo pra vender a nossa marca”, explica o professor da ESADE. Mas estas vantagens assim como podem acarretar um custo alto. A exposição às opiniões é muito superior.

  • Cinco Falsa vivência
  • Sala dos Embaixadores
  • UTU: Sessenta e dois %
  • Optimize o teu perfil
  • Ciência e Tecnologia José Manuel Neves
  • Mais de 26.500 publicações com imagens/vídeo/hiperlink

“É uma arma de 2 gumes: se você disser algo errado fica constância e isto não se podes retirar ninguém. As recentes tecnologias bem como ampliam o mal”, conta o professor da ESADE. Desta maneira, possuir uma marca pessoal envolve muita responsabilidade. “Temos que controlar nossa marca —contínua— e ser consciente da imagem que estamos dando. Escolher o que desejamos atirar”. São os riscos que se correm: apresentar-se às más considerações e a má reputação e perda de privacidade, em razão de a presença em redes, de modo intensa, mesmo que seja por motivos profissionais, a todo o momento conecta a vida profissional e pessoal. “Você tem que controlar ao máximo a tua privacidade.

Há linhas vermelhas que não necessita acontecer”, diz Fátima Martinez. Uma das regras, tais como, que segue esta consultoria ao pé da letra, é não fazer comentários sobre o assunto política, futebol, religião e sexo. Isso sim, acredita que sempre é possível requisitar desculpas” por um desacertado comentário. Criar a marca pessoal requer, além do mais, longo tempo e trabalho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima