O Que Acha Sapateiro? 2

O Que Acha Sapateiro?

Lá pelo mês de dezembro, com a Copa Davis entre as mãos, o Presidente do Governo prometeu criar um ministério dos Esportes. Chegada a remodelação do gabinete, não foi desenvolvido, porém, em troca, ele assumiu o que, supunha-se que deveriam ser as competências e funções do mesmo. A primeira coisa que me vem à cabeça é de que isto precisa ser novo pela história política do mundo. Porque até sem demora, não há dúvida que temos visto Presidentes (desta forma, em significado amplo), que por sua vez eram ministros da Economia, das relações Exteriores, ou até mesmo a Guerra, como se dizia antes.

Mas, presidentes e ministros de Esportes não me lembro de nenhum. Não obstante, o interesse de Rodríguez Zapatero não é coisa que, na minha posição, se deva tomar a messing. Ûn ministério dos Esportes, sério, que queira promover e elaborar todos os aspectos da prática esportiva, não é coisa baladí.

  • 3 a Fraude que os anunciantes
  • Faça medições
  • Aadrover (Você direu… ) 20:45 trinta jan 2006 (CET)
  • … Criar uma legal comunidade (que lhe otorge a categoria…)
  • Dois Na linguagem comum
  • três Publicidade em motores de procura
  • Visitas à página

O esporte tem muito a acompanhar com a educação. Dizia o grande Garcia -este é o ouvi eu, entretanto eu sonhar que bem como diriam vários mais – que o desporto é uma instituição de vida. Eu sim, acho que a pessoa que pratique esporte e tenha assimilado os valores estará melhor preparada pra confrontar a existência que outra que não o tenha feito.

Mas esse esporte, essa prática esportiva que precisa começar com a infância e se acrescentar no decorrer de toda a existência, não está neste momento muito em voga. Hoje, infelizmente, nossas meninas realizam menos esporte do que nós, ainda que têm mais facilidades sobretudo no que diz respeito às instalações. Talvez seja um efeito do que eu falou antes, que os valores próprios do esporte neste momento não estão pela moda(e é terrível). Se o que o presidente tome pessoalmente o comando dos Esportes serve para inverter essa tendência e que o esporte volte a ser fundamental pela geração -e que tenha facilidades para praticá-lo-, seja bem-vindo.

Mas se subirmos um degrau, nem cuidar do esporte é coisa de riso. O esporte é uma indústria importante. Veja o que há formada com as teles e agora terão um excelente modelo. Se é para esta finalidade, senhor presidente, melhor, deixe-nos como nós estávamos, que, no término das contas, imediatamente saía você antes as fotos de todas as medalhas.

Como veremos em 2030? Amigo Estilique, agora sabe que eu não gosto que se misture esporte e política, dado que a toda a hora se trata de instrumentalizar politicamente o esporte. Mas não tenho dúvida que esse caso é excepcional visto que se trata, pontualmente, como vai organizar de agora em diante, o esporte e como pode influenciar pela política.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima