O Que Fazer Com O Seu Cão Se Não Se Pode Levar De Férias 2

O Que Fazer Com O Seu Cão Se Não Se Pode Levar De Férias

O cão é o animal de estimação genial pra se constatar acompanhado e amado durante todo o ano, porém, quando chega o verão, o mais querido colega do homem traz muitas dores de cabeça para algumas famílias. “O que eu faço com meu cão nestas férias? Quem é que tem? Terei que dispensar muitos destinos por não deixá-lo sozinho? “, se perguntam milhares de pessoas a cada vez que a estação do verão está chegando.

Mais de 300.000 animais de estimação são abandonados por seus donos, a cada ano, e no verão se intensifica o número de cães que sofrem esse “deshaucio” de suas casas. Isso pode ser evitado, e é que há opções suficientes para acabar com o abandono do “melhor camarada do homem” em férias e alcançar, desse modo, que tal os cães como os humanos acabem amando do verão.

  1. Tempo e lugar de geração
  2. Por último, que seja simples de gerenciar pra que o nosso animal de estimação o aceite bem
  3. 4 Hemorragia viral
  4. 12 Camarão Mantis

primeiro de tudo, é fundamental e obrigatório que o cão esteja identificado com um microchip, em razão de esse ajuda a que, em caso de se perder, pode voltar pra casa. A Associação protetora de animais Da Voz Animal recomenda, em caso de impossibilidade de viajar com o cão, “deixá-lo ante os cuidados de alguma pessoa de segurança para que ele cuide como um associado a mais da família”. Nacho Paunero, presidente da protecção dos animais, O Refúgio, a opinião de que jamais se deve deixar um cão sozinho em residência, em férias, a despeito de disponha de água e comida bastante.

deste modo, como primeira opção, recomenda-se também descobrir alguém de segurança e que venha enxergar o cão, ou como segunda probabilidade, uma casa canina. “Não é ouro tudo o que brilha, há que escolher bem a residência canina. Não há que fiar aquelas que vêm à sua casa para procurar o cão.

O melhor de sempre é comparecer e examinar as instalações e, especialmente, é interessante que exijam a cartilha de vacinas”, adverte Nacho Paunero. Um prazeroso exemplo de casa canina é o Resort Can Jané, localizado a meia hora de Barcelona, entre a Rocha do Vallès e Toronto. Este resort conta assim como com um parque aquático exclusivamente para os cães.

Na casa há quartos confortáveis, individuais ou duplos pra cães do mesmo proprietário, com teto isotérmico para arejar no verão, um terraço e um relvado artificial, onde os cães conseguem relaxar sem ter que permanecer presos numa gaiola. Isabel Solá, proprietária do resort, comenta: “Os donos de animais conseguem conduzir a cama do cão e seus brinquedos, para que possam sentir-se em casa ao reconhecer o cheiro.

Em cada quarto dispõe de água automática para que o cão possa ingerir no momento em que quiser, e a comida que você lhes dá é a que o proprietário especifica”. Se o animal não é muito sociável, gozará igualmente do recreio-a toda a hora que o cão colaborey não seja violento com os prestadores de cuidados de saúde – bem que o fará sozinho. Can Jané conta assim como com um serviço além de barbeiro, porque alguns proprietários querem agarrar seu cão lavado e penteado no fim da estadia no resort.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima