Raspador Para Gatos 2

Raspador Para Gatos

Um raspador é um poste de madeira coberto com um utensílio áspero que os donos de gatos têm para que se rasquen seus animais de estimação. Os gatos têm um impulso natural de coçar-se: a ação auxílio a cortar o equipamento velho de tuas garras e marcar o território com as glândulas mau cheiro de seus pés.

Você podes evitar que os gatos de interior exerçam este impulso em móveis e estofados de habitação se contam com um raspador aceitável. O tipo mais comum de raspador consiste em um poste de madeira, de cerca de 60-noventa cm O pólo está fabricado verticalmente sobre o assunto uma base larga, o que permite que o gato se estique pra cima, a respeito as tuas patas traseiras e coçar livremente, sem virar. Um raspador instável ou que não permita que o gato espalhe por completo poderá surgir a dissuadi-lo de usá-lo. As superfícies de fabricação variam: o pólo pode ser coberto com uma corda de sisal, tecido estofos ou o suporte de juta de um tapete.

  • Sempre está nos olhos de quem vê…
  • Pomba-perdiz-comum, Juruti montana
  • 8 – Papillon
  • 3 Problemas comuns

Muitos donos de animais de estimação comprovam que têm que experienciar com diferentes superfícies para descobrir aquela que os gatos possam riscar de forma confiável. Outros tipos de arranhadores são mais elaborados, com abundantes níveis de plataformas horizontais para escalar e espaços acolhedores iguais a cavernas onde os gatos são capazes de se acobertar. Os que são muito altos, várias vezes são chamados de árvores de gato. Estes podem dispor de uma haste de tensão vertical que se estende até o teto, para proporcionar uma estabilidade adicional. As superfícies de riscar mais pequenas conseguem consistir em algo tão descomplicado como um pedaço de tapete invertidas, ou uma almofada plano de sisal tecido com um laço pra permitir que se desligar do maçaneta de uma porta. Outros são feitos de papelão ondulado.

— O Mais Velho foi um porco de raça Middle White e o animal mais sábio da fazenda, que incentiva os outros animais com suas ideias inspiradoras pra rebelar-se contra o fazendeiro Jones antes de morrer. — O porco Squealer (Francês) é o intermediário e mão direita de Napoleão diante os outros animais da fazenda. Sua capacidade retórica e sua hipocrisia permitem convencer o resto da fazenda da conveniência de qualquer decisão tomada por Napoleão. Possivelmente represente o aparelho de propaganda da união SOVIÉTICA: o jornal Pravda, ou a Viacheslav Molotov (fervoroso defensor de Stalin). Em novas traduções o nomeou como “Cheinha”.

— Boxer (Boxeador ou Campeão), o cavalo, a todo o momento convencido de trabalhar mais e traído por Napoleão, apesar disso, representaria o proletariado. Seu lema: “Trabalharei mais duro” e os constantes elogios que recebe dos porcos por sua extenuante interesse e sua finalização sejam, possivelmente, uma fonte ao mineiro Alexei Stakhanov.

— As ovelhas e as galinhas, analfabetas e acríticas com o regime, representando o campesinato, isto é, os “fanáticos” de um líder. Para eles e Pros animais menos inteligentes ingeniaron instruções simples, como “Quatro patas sim, 2 pés não”, que costumavam reiterar todo o dia. — O corvo Moses (Moisés) representa a Igreja ortodoxa, uma vez que, fala do céu, os animais e recebe tratamento diferenciado dos humanos que cumpre uma função de pacificação ao serviço do senhor Jones.

Mais tarde, os porcos toleram sua presença. As relações entre o corvo e a fazenda representam a afinidade entre o clericato russo e os diferentes governos da Rússia, primeiro sob os czares, e, logo em seguida, ante o stalinismo. — O tolo Benjamim é o intelectual que especula. — Os cães representam a polícia secreta stalinista, a NKVD. A nova criação de cães é educada por Napoleão desde filhotes. São os encarregados de expulsar violentamente a bola de Neve da fazenda, e cumprem assim como a função de guarda pessoal e de carrasco para os animais que “traem” a fazenda em nome de Snowball.

— O Senhor Fedrerick, que no decorrer da fábula pretende uma aliança com o porco Napoléon, representa a Adolf Hitler, que assinou um pacto de não-hostilidade com o regime stalinista da URSS. — A égua Mollie, que apenas se interessa na revolução animal e menos ainda por trabalhar, representa as classes nobres czaristas que venha a nova política comum o término de seus benefícios.

a Prova de que a temos, no momento em que Mollie, uma vez que encontram que tem confraternizado com um fedelho de uma fazenda vizinha, abandona a fazenda pra auxiliar os humanos. — O senhor Pilkington pode distinguir-se com Winston Churchill. Ao conclusão, a história mostra a tua “aliança” com Napoleão, reunindo humanos e suínos em um jogo de cartas. A partida termina com uma conversa, uma vez que Napoleão e Pilkington mostram um ás de espadas simultaneamente (sinal inequívova de que alguém está trapaceando).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima