Ter Um Mini Porco Como Animal De Estimação Não É Recomendado 2

Ter Um Mini Porco Como Animal De Estimação Não É Recomendado

México.Ter um mini porco como animal de companhia não é recomendável, embora neste instante são comercializados no mercado e há pessoas que gostam de tê-los, advertiu Itzcóatl Maldonado Reséndiz, especialista da UNAM. Ressaltou a UNAM Global, que no caso dos animais de companhia, os mexicanos tendem a fazer compras impulsivas e os mini pig, não são exceção.

É deste modo que antes de obter um mini porco é indispensável julgar se existe espaço bastante para que você esteja em residência, pelo motivo de até já as raças mais pequenas devem ter acesso a áreas ao ar livre e as plantas. O especialista em vida selvagem indicou que de preferência tem que ser um local onde não conviva com outros animais, dado que se correria o traço de contrair infecções parasitárias.

Lembrou que há animais que têm acompanhado o homem no decorrer da evolução com fins zootécnicos especificamente orientados para definir dificuldades de trabalho ou de criação de proteína pro consumo humano: carne, ovos ou leite. Muitas dessas espécies sofreram processos de domesticação, é o caso do porco. Mas, atualmente, viu-se a tendência de umas pessoas de tê-los como animais de companhia.

  • Sete – A alimentação é o primeiro passo pra saúde
  • Africano Dormice
  • É um wiki, o que, com pequenas excepções, podes ser editada por qualquer pessoa
  • Cuide de seus dentes e as unhas
  • Vegetais colhidos
  • Não fazer batota: O uso de programas de terceiros é proibido
  • Nunca lhe des de produtos concebidos pra outros animais
  • Exercer a atividade de personal trainer

Isto fez com que o mercado de fabricação comece a haver uma diversificação para outras raças desenvolvidas para ser mais pequenas e que possam estar dentro de uma residência e auxiliar como companhia para uma família. Maldonado Reséndiz alertou que essas raças tendem a ser mais badass e até mesmo várias delas alcançam a maturidade sexual com um mês mais tarde do que as comerciais. Na porção nutricional, não se comparam com um cão, do qual há um catálogo diversificado de alimentos pro mercado. O disponível pros porcos é o de engorda que usam em fazendas pra levá-los mais rápido pra um peso correto e poder mantê-los ao risco.

Acrescentou que se quer como animal de companhia, o propósito não é fazer com que ganhe peso mais de forma acelerada se não preencher as tuas necessidades nutricionais. “Sua média de existência é de entre 12 e quinze anos e se o proprietário quer que viva nas melhores condições, não necessita conceder-lhe alimentos carregados de energia e proteína, em razão de o final não é engordarlos”.

Considerou que esse é um dos erros mais comuns cometidos pelos donos destes animais, pelo motivo de lhes dão alimentos com base energética e como tua atividade física é muito limitada tendem a ficar mais gordo muito. De modo que aos cinco ou seis anos de idade imediatamente estão muito pesados e começam a ter dificuldades articulares apenas pelo excedente de peso que apresentam. Portanto que é sério é aproximar-se com um médico veterinário que possa assinalar uma dieta balanceada pra um porco que é animal de estimação. Finalmente, mencionou que, por jeito natural destes animais são muito destrutivos: ama mordiscar, arranhar, arrancar plantas e remover terra com a trompa. Também não gosta do contato com as pessoas, gritam o tempo todo e até morde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima